quarta-feira, 4 de agosto de 2010

SANTIAGO - CHILE (Roteiro de Viagem - Tatty Carvalho)


Santiago, capital do Chile , é uma cidade bem diferente de Buenos Aires. É uma cidade mais moderna, com prédios altos e espelhados.  Esses prédios convivem bem com construções antigas. Grande parte da atividade administrativa, financeira e comercial do Chile acontece em Santiago. Apresenta cerca de 7 milhões de habitantes.

Foto tirada em julho de 2017
Apresenta 5 linhas de metrô que percorre grande parte da cidade. Os táxis não são caros, mas deve-se tomar cuidado para não receber notas falsas, prática comum entre eles. 

#Dica  

Não troque dinheiro com taxistas, a probabilidade de receber nota falsa é enorme!!!! 
O Uber também funciona, entretanto não com a qualidade do Brasil.

O Chile proporciona aos seus visitantes emoções diferentes... Um dia você vai ao Valle Nevado brincar com a neve e no outro dia você pisa nas águas geladas do oceano Pacífico em Viña del Mar.
A culinária de lá é baseada em peixes e frutos do mar. O peixe mais famoso é o Côngrio. A culinária tem uma certa influência da cultura peruana, por isso que se come muito ceviche por lá. 
Agora... não se comparam aos peruanos, claro!  (Sobre o Peru... conto uma outra vez).

Eu e o Gui já fomos ao Chile três vezes e em cada visita ficamos em uma região diferente. A primeira vez, em 2011, ficamos na Providência, uma região comercial e cheia de restaurantes. Nessa ocasião, nós optamos por um flat alugado através do Booking, na Av. Providência com Pedro Valdívia. Uma excelente localização, inclusive com estação de Metrô (Estação Pedro Valdívia). Tem várias lojas e um shopping novo muito bom, chamado Costanera Center, que faz parte do complexo do novo edifício mais alto de Santiago. É na Providência também que se localiza o famoso restaurante Giratório. Um restaurante que fica constantemente girando, de modo que, em um único almoço você pode ter a visão de Santiago por vários ângulos diferentes. Já estive no Giratório por duas vezes, em épocas diferentes. Na primeira vez, fiquei impressionada com a vista e o fato do restaurante girar, mas decepcionada com a comida. Voltei anos depois e desta vez, por vontade do Yaguinho que havia lido sobre este restaurante, voltamos e desta vez, a comida me impressionou. Comi um côngrio com molho de centolla, que estava maravilhoso!

Foto do Giratório: julho de 2015
Na segunda ida a Santiago foi em 2015 e na ocasião fizemos a opção pelo Novo hotel. É uma rede de hotéis que gostamos muito, pois sempre somos muito bem recepcionados. Esse hotel fica em Vitacura, região conhecida por ser a mais nobre da cidade. Nesta região, você encontra as roupas de luxo e as boutiques mais caras da cidade e para conferir basta dar um pulo na Av. Alonso de Cordova. 

Confesso que pra mim só deu pra olhar mesmo... Por ser uma região muito nobre, o acesso não é tão fácil. Não tem estações de Metrô na região e pouquíssimos ônibus circulam por lá. A estação mais próxima é a Escuela Militar, mas nos aconselharam a não utilizá-la por ser um lugar perigoso. Pertinho do hotel em que ficamos há uma região com vários restaurantes excelentes. Fomos em dois... Cuero Vaca é um deles e outro eu me esqueci o nome. De Vitacura você chega facilmente no Mall Parque Arauco, conhecido por ser o maior shopping da Améria Latina.

Agora em 2017, voltamos e mais uma vez optamos por um Airbnb. Um apartamento muito charmoso na região Central a três quarteirões da Plaza de Armas. Uma região com várias estações de Metrô. Na Plaza de Armas fica a Catedral Metropolitana de Santiago. Uma praça muito fofinha! Nas ruas laterais, principalmente perto da estação de Metrô, há várias casas de câmbio, que inclusive funcionam aos domingos. Tem também o ponto de informações ao turista, onde se pode comprar o ticket para o ônibus vermelho, um ônibus turístico de 2 andares, com a mesma proposta de Nova York e Londres.

Eu e o Gui quando chegamos a uma cidade que não conhecemos e se tem este tipo de ônibus  o utilizamos como um city tour. A vantagem é que você pode descer e subir quantas vezes quiser durante o dia e de trinta em trinta minutos passa um novo ônibus. Normalmente, os tickets valem por dois dias. Gosto muito do bairro Bellavista. É uma região bem boêmia e muito cultural, tem vários teatros, cafés, restaurantes e pubs. Inclusive, a casa-museu Pablo Neruda. Andando pelas rua do bairro você encontra um dos mais famosos restaurantes e, aliás, o meu favorito “Como Água para Chocolate”.

Fachada do “Como água para Chocolate”: julho de 2015


O “Como Água para Chocolate” é restaurante muito conhecido pelos brasileiros, entretanto, para conseguir uma mesa deve-se fazer a reserva com no mínimo três meses de antecedência. O meu prato favorito é o Côngrio Amendrado. Um dos melhores pratos da minha vida!
(Ai meu Deus... só de lembrar já estou com água na boca)

Na mesma rua do “Como água para Chocolate” se encontra o Pátio Bella Vista, um centro comercial de vários restaurantes e várias lojas de artesanato que vendem produtos que utilizam o lápislázuli, a pedra azul semipreciosa que é extraída somente no Chile e Afeganistão. Para quem gosta de lembrancinhas... é um ótimo luga!!!

Uma das entradas do Parque Metropolitano do Chile fica em Bellavista. Neste parque que se localiza o Cerro San Cristóbal, 860 metros acima do nível do mar. Um dos melhores pontos para se observar a cidade de Santiago. No Cerro, também se localiza um zoológico. Para o subir o cerro você pode utilizar o funicular. Para isto vá cedo, pois as filas mais tarde demoram muito, podendo chegar até duas horas de espera. Uma opção para não pegar essas filas é ter o ticket do ônibus vermelho turístico que te dá acesso ao funicular sem enfrentar a fila. O funicular te deixa em um ponto do Cerro cuja a vista é maravilhosa!!! Mas se quiser um subir alguns poucos degraus... você chegará até a imagem da Imaculada Conceição. 

Funicular: julho de 2017

Uma outra forma de subir até o Cerro é por teleférico. Isso, também, se tiver sorte dele estar aberto... como sabem, já estive em Santiago três vezes e nunca consegui andar de teleférico, pois estava sempre fechado... em cada ocasião um problema diferente.

Imagem de Nossa Senhora da Conceição: julho de 2015

Uma maneira diferente de descer o Cerro é fazendo uma caminhada de aproximadamente 5 km pela estrada com direito a visões incríveis da cidade! Agora... isso se você gostar de fazer caminhada, caso não goste a opção é o funicular mesmo!

Um outro passeio da cidade é ir até o Mercado Central de Santiago. No mercado tem vários restaurantes, mas o mais conhecido pelos turistas é o Donde Augusto. Confesso que não gosto desse restaurante, o atendimento e a comida deixam muito a desejar.

Curto mais os pequenos restaurantes que ficam nas laterais em frente as bancas de peixes. Esses são frequentados pelos chilenos... são mais aconchegantes, comidas mais saborosas e os preço são bem mais em conta! No mercado as pessoas vão comer a famosa Centolla, um tipo de caranguejo gigante. Se tiver com muitas pessoas... vale até a pena experimentar! Eu experimentei, gostei, mas não preciso repetir.

Para quem estiver viajando com crianças, tem dois programas diferentes para se fazer com eles. Um deles é ver a troca de guarda dos Carabineros que acontece a cada dois dias no Palácio La Moneda. É um programa diferente e as crianças curtem muito!

Um outro programa imperdível para a criançada é o Museu Interativo do Chile (MIN). Esse museu é um verdadeiro laboratório de ciência feito para estimular a exploração autônoma, o descobrimento e a surpresa. O Yago adorou!!!  O Museu fica em Mirador, para chegar até lá você pode pegar a linha verde do metrô, sentido Vicente Valdez, e descer na estação Mirador e em seguida pegar um taxi até o Museu


Yago no MIN: julho de 2015



Bom... sobre os passeios às Vinícolas, Valle Nevado e Viña de Mar conto nos próximos post's !



Acompanhe minha página no Facebook - Tatty Carvalho Facebook
Deixe seu comentário. Quero saber de você: gostou das dicas?

COMENTE COM SEU LOGIN DO FACEBOOK ;)

Contato

Vamos conversar !

Nosso e-mail contato@ateliw.com.br

Endereço:

Avenida Clara Nunes | BH-MG

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta: De 9h às 17h

Telefone:

(31)99696-5109